Ensino fundamentalMédio técnicoNovidadesPós-médio

Festival Tack Rio 2018 – 1º Lugar da ETERJ

Por 27/11/2018 Nenhum comentário

No dia 24/11/18, aconteceu a etapa final do desafio TACK Rio, que propôs a solução de um problema através da tecnologia.

O desafio é baseado na metodologia do programa Innovation Camp, da ONG Junior Achievement – maior organização de empreendedorismo jovem do mundo.

O objetivo do programa é que estudantes das mais variadas realidades, organizados em equipes, possam encontrar soluções inovadoras para o tema: “Como estimular e dar visibilidade a cultura nas comunidades cariocas”.

Durante o processo, os participantes contam com a ajuda de mentores e voluntários que vão auxiliá-los no desenvolvimento das ideias.

Com a duração de oito horas, o desafio deve ser realizado em um único dia. Os alunos participam de atividades de brainstorming e geração de ideias, especialmente design thinking, para resolver os problemas com uso da tecnologia.

A equipe vencedora foi premiada com uma viagem para a Brazil Conference 2019, na Universidade de Harvard e para o Massachusetts Institute of Technology (MIT) nos Estados Unidos, em abril de 2019.

O grupo vencedor foi o projeto: QrCulture dos alunos da ETERJ Santíssimo: André Luiz, Lucas Coelho, Vinícius Maitan, Eduardo Guerson e Pedro Augusto.

1º ano participando e já vencemos, quanto orgulho!!!

A QrCulture é um aplicativo desenvolvido por 5 alunos da ETERJ, com o objetivo de dar visibilidade à Cultura nas comunidades, de forma inovadora.
O grafite é uma arte que expressa o interior de seu autor e todo sentimento é transformado em cores, a ser transferido para paredes, muros e até casas. Entretanto, a falta de reconhecimento a muitos desses artistas, acompanhado da discriminação, leva muitos artistas a limitar seu poder de criação. Pensando nisso, resolvemos criar uma ferramenta digital, com o objetivo de democratizar o acesso à Cultura para artistas que vivem no anonimato.
Nossa ferramenta será  um Qr code, que terá a função de ser um verdadeiro “Contador de histórias”.
“Os cenários, as tendências e os desafios de nossa região são inúmeros. Entretanto, a ETERJ, tendo como magnitude à recuperação econômica do Estado do Rio de Janeiro e a revitalização do Parque Industrial Fluminense se coloca a disposição para a permanente e salutar discussão a fim de contribuir de forma decisiva com a sociedade local e regional.”Depoimento – Michel Mesquita – Coordenador do Ensino Médio da ETERJ.